apresentação

apresentação

LIVRO ZEN ORIGAMI

Mandalas in action integrantes do LIVRO "ZEN ORIGAMI" no qual estou trabalhando.

14 março 2016

SAPATO VELHO

"Habituamo-nos a determinados padrões e condutas que se tornam nosso sapato. É com ele que caminhamos pela vida. Tal como a realidade que precisa ser vista por trás de lentes e véus, porque é abrasiva demais para a consciência humana, o sapato representa a proteção indispensável entre o ser e o seu meio. Nesse processo há uma importante interação entre os pés e o sapato. Ele nos protege pela sola, mas para que cada passo seja confortável ao pé e para que ele não se desapegue, é preciso que o corpo do sapato vá se ajustando à nossa forma.
O chão no entanto, é o pavimento da vida e ele não se ajusta à nossa pisada. De tanto em tanto, temos que retirar o sapato e tocar o solo com a planta do pé.Encontramos então sob ela uma superfície irregular e desconfortável que pode até nos ferir. Mas esta será uma experiência singela de libertação e expansão. Sentir o chão é reencontrar a vida.
(...) Os sapatos, embora úteis, não deixam de ser uma superfície artificial que nos isola do solo vivo. Sair da constrição desses fundamentos nos faz conhecer o alívio e a possibilidade de expansão.
E aí,  muito além da proteção e do conforto do sapato, podemos conhecer o que é essencial." 
trecho do livro "Tirando os sapatos - Nilton Bonder 


2 comentários: